11/05/2023

No 2º dia de compromissos nos EUA, governador reforça compromisso com descarbonização e crédito verde para investidores

Aliar grandes investimentos em infraestrutura e transporte, novas oportunidades para projetos de energia limpa e uma agenda de desenvolvimento socioambiental baseada em boas práticas ambientais, sociais e de governança para o progresso sustentável de São Paulo. Esta foi a proposta apresentada pelo governador Tarcísio de Freitas a investidores internacionais nesta quinta-feira (11), no segundo dia da missão do Governo do Estado a Nova York.

“Estamos estudando a emissão de títulos estaduais para que a gente possa aplicar o dinheiro em recuperação de mata ciliar e reservas florestais, por exemplo. São Paulo é o único estado do Brasil em que a área de reserva florestal vem crescendo, então temos condição de gerar ganhos com a preservação, mas sem deixar de lado a competitividade econômica e os grandes projetos estruturantes”, afirmou Tarcísio em uma das apresentações desta quinta.

“Podemos devolver ao investidor os créditos de carbono e as neutralizações de emissões em balanço, que é o que ele deseja na maioria das vezes”, acrescentou o governador. A delegação paulista em Nova York também conta com o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Lima, os secretários estaduais Jorge Lima (Desenvolvimento Econômico), Natália Resende (Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística), Lais Vita (Comunicação), o secretário executivo da pasta de Parcerias em Investimentos, André Insper, e o presidente da InvestSP, Rui Gomes Junior.

A agenda ESG – sigla para “sustentabilidade ambiental, social e de governança”, em tradução livre do inglês – compreende ações do poder público e de empreendimentos privados que priorizam aspectos como neutralidade climática, gestão de recursos hídricos, obras com preocupação ambiental, segurança alimentar e nutricional, entre outros.

Com uma carteira de projetos estimada em R$ 180 bilhões entre capital público e de investidores, o Governo de São Paulo está apresentando o portfólio ao longo de três missões internacionais desde janeiro. O Estado avalia a viabilidade de concessões, privatizações e PPPs em áreas como desenvolvimento urbano, saneamento, transporte intermunicipal em rodovias, sistemas aquaviários e ferroviários, recursos hídricos e infraestrutura.

Nos compromissos desta quinta, Tarcísio iniciou o dia em reunião com executivos do grupo financeiro Blackrock e, na sequência, apresentou a carteira paulista de projetos no evento GRI Latam Infra & Energy 2023, que reuniu líderes globais dos setores de infraestrutura e energia.

À tarde, o governador almoçou com executivos do Goldman Sachs, um dos grupos mais importantes do mundo no setor bancário, e também participou de encontros com diretores dos fundos de investimentos Macquarie, com sede na Austrália, e o norte-americano GQG.

A missão do governo paulista em Nova York se encerra nesta sexta (12), com a visita da delegação estadual ao Hudson Yards, um empreendimento imobiliário de grande escala que reuniu o setor público e investidores privados em uma significativa transformação de espaços urbanos degradados na metrópole norte-americana.